Storytelling: o que é e como usar na sua academia?

escrito por Ingridy Sousa
Storytelling: o que é e como usar na sua academia?

Sabemos que um dos grandes fatores para o sucesso de uma empresa é ter uma boa comunicação, um bom diálogo com sua audiência, que faça ela se identificar com sua filosofia e ser fiel a você.

Se tratando do ambiente digital e das inúmeras estratégias existentes, uma delas, que é muito usada pelas grandes marcas atualmente, é o Storytelling. Bem, vamos começar pelo conceito. O que é Storytelling?

De acordo com os autores Palacios e Terenzzo (2016):

O Storytelling é uma tecnologia de comunicação que implica em saber encontrar e contar uma história fabulosa, com um propósito épico, de forma fantástica.”

Por que estamos falando isso? Porque uma história bem contada interage com as emoções das pessoas. Como sempre falamos aqui no blog da Pacto, é necessário manter o público sempre engajado, e uma boa maneira de fazer isso é contando uma boa história.


“Nada é mais poderoso para envolver, engajar e “viralizar” do que uma boa história, bem contada. Basta perceber que até paixões mundiais como o futebol precisam da figura do narrador.”

Engajar é um dos grandes objetivos das empresas em suas estratégias de comunicação porque vivemos em um cenário de grande dispersão, onde somos bombardeados por trilhões de informações e não absorvemos nem a metade delas. É  o que chamamos de Economia da Atenção.

 

“…em um mundo rico de informações, a riqueza de informações significa a escassez de algo a mais: a escassez do que quer que seja que a informação consome. O que ela consome é bem óbvio: a atenção de seus recipientes. Assim, uma riqueza de informação cria uma pobreza de atenção e a necessidade de alocar a atenção eficientemente entre uma superabundância de fontes de informação que pode consumí-la.”


Diante de tantos assuntos na palma da mão, nossa concentração é voltada apenas àquilo que interessa, e já não temos paciência para mensagens chatas. O Storytelling entra então como uma boa maneira de manter a atenção focada enquanto o autor orquestra sua mensagem.


Principais características do Storytelling


Tendo em mente que temos um cenário competitivo e audiência dispersa, você tem de criar uma história especial.

“O avesso de uma boa história é a rotina. Portanto, a história fabulosa é aquela extraordinária, improvável, que pouca gente teve a chance de vivenciar. Busque os acontecimentos incríveis como quem busca a fonte da juventude.”


Vale lembrar que você não precisa de uma mega produção para produzir uma boa história. Basta saber contá-la. A narrativa, a maneira como se constrói a história, é de extrema importância. Use o “acontecimento único” como uma maneira de desenvolver sua história, onde seus clientes são mega privilegiados em vivenciar aquilo.

Para isso, uma boa história tem que ter:

1- Acontecimentos emocionantes;
2- Lugares pitorescos;
3- Conflitos inescapáveis;
4- Personagens marcantes;


Claro que nem sempre é fácil encontrar histórias com todas essas características, porém, devido às constantes mudanças que as empresas enfrentam, sempre pode surgir algum acontecimento ou dilema conflitante – tirar algum produto de linha, aumentar a meta de vendas, etc- e isso pode gerar uma grande história fabulosa.

Ainda de acordo com os autores Palácios e Terenzzo (2016), um bom Storytelling deve ter:

  • Uma história fabulosa: tem um conteúdo especial e marcante que nos compele contar para as outras pessoas.
  • Com propósito épico: tem conjunto de instruções que garantem um ensinamento vital a quem estiver atento.
  • Narrada fantasticamente: tem a capacidade de prender a atenção a ponto de roubar horas de sonos das pessoas.


Além dessas características, existem alguns fundamentos do Storytelling que devem ser levados em consideração na hora de construir uma boa narrativa, que são:

  • Ensinamento: as melhores histórias são aquelas dotadas de uma lição muito importante para o protagonista. Algo que ele precisa aprender para ser bem-sucedido e atingir seu objetivo. O momento que o protagonista entende a lição é ideal para transmitir a informação mais importante da narrativa. A história inteira foi contada para chegar nesse momento.
  • Verdade humana: é aquela verdade incontestável. Essa verdade diz respeito àquilo que faz sentido porque faz sentir. Esse fator se refere à crença de que, no fundo, somos muito parecidos. Todos sentimos uma mesma gama de emoções durante a vida e até por isso somos capazes de sentirmos uma conexão com outro membro da raça humana. O Storytelling só funciona se existir sinceridade na emoção do autor e do narrador.


“ A verdade humana é a parte mais complicada para a maior parte dos executivos. Dizer a verdade implica em vulnerabilidade. É impossível tocar a verdade humana sem mostrar os defeitos e fraquezas.”

 

Benefícios do Storytelling

Os benefícios do Storytelling são aqueles que são inerentes a uma boa história, que pode variar em maior ou menor escala, de acordo com  a qualidade da narrativa.

 

1- Cativar a atenção

Lembra do engajamento que falamos no começo? Pois é. Uma história bem contada é capaz de manter toda sua audiência sempre atenta.

2- Facilitar a aceitação das mensagens

Uma comunicação indireta, porém, que envia mensagens contextualizadas, tende a receber menor resistência por parte do receptor.

3- Garantir a relevância por meio do contexto

Ao cativar a atenção, a narrativa provoca uma imersão que chega ao nível sensorial. Por ter uma estrutura aberta e simbólica, de conteúdos interpretáveis, é muito fácil para uma pessoa encaixar-se em uma história, ou seja, se identificar com o que está sendo contado, com as emoções transmitidas.

 

Como aplicar o Storytelling na sua academia

Você deve estar se perguntando, como aplicar o Storytelling na sua academia? E a resposta é bem simples.

Crie histórias a partir de você mesmo!

Conte sobre a trajetória do seu negócio, o que te move, qual a mudança que você quer fazer na vida das pessoas.

Chame seus clientes para participar! Pergunte como sua academia mudou a vida deles, qual impacto teve na saúde e na vida como um todo. Isso contribuirá bastante para a construção da narrativa e no apelo emocional.

Você também pode criar histórias a partir do estilo de vida saudável, dos benefícios da prática de exercícios, etc.

Divulgue em todos os canais que seu público se encontra, e de preferência, conte a história por partes, faça vários vídeos curtos, por episódios. Que tal criar um mini web série? Use a criatividade!

 

O que achou do artigo? Conta pra gente:

VEJA TAMBÉM